Denuncie

Sérgio Moro é exonerado do cargo de juiz federal

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Compartilhe esta Notícia


O juiz federal Sérgio Moro pediu exoneração do cargo nesta sexta-feira (16/11). Moro ocupará o Ministério da Justiça no governo Jair Bolsonaro.

Em seu pedido de exoneração, Moro admite que pretendia deixar o posto às vésperas de tomar posse, mas afirma ter antecipado a decisão diante de reclamações de que não poderia sequer participar do planejamento de ações do futuro governo, mesmo em férias.


Veja abaixo o pedido de exoneração apresentado por Sérgio Moro à Justiça Federal:


O pedido foi aceito pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). O ato terá validade a partir da próxima segunda-feira (19), segundo informou o tribunal.

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

8 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    Blogueiro você deve tet um ódio do Moro, pois, ao invés de colocar no título da matéria que ele pediu a exoneração, colocou que ele foi exonerado. Você não se preocupe, pois, o chefe da quadrilha vai ficar ainda muito tempo no xilindró.

  1. Moro FOI EXONERADO pelo TRF4.

    Contra ele, porém, tramitam no CNJ várias ações de natureza disciplinar, razão pela qual, na opinião de alguns renomados juristas, Moro não poderia ter sido exonerado, uma vez que a RESOLUÇÃO do CNJ Nº 30, de 2007, impede que magistrados que respondem a processos administrativos disciplinares sejam exonerados antes do término do processo.

    Todavia, nesses tempos de trevas pelos quais passa o Judiciário brasileiro, marcados por abusos e arbitrariedades de juízes, omissões do STF, perseguições a partidos de esquerda, condenações de homens públicos inocentes para manter no poder aliados políticos delinquentes... Nesses tempos sombrios de subversão da ordem constitucional, julgando-se e condenando-se pela via do ANTIDIREITO... Nesses tempos, enfim, de desfaçado emprego de lawfare com o fim de destruir reputações e levar ao cativeiro pessoas que não cometeram crime algum, é fácil perceber que vivemos hoje em nosso país um REGIME DE EXCEÇÃO, afiançado por uma aliança judicial-militar, sob o comando de déspotas castrenses, representados agora por um presidente interposto, que governará o país pelos próximos quatro anos como verdadeiro testa de ferro das classes dominantes e do capital, em detrimento da classe trabalhadora.

    Estima-se que os próximos anos serão marcados por graves restrições de direitos civis, políticos e sociais à população, forte repressão contra minorias, censura, aprofundamento da crise econômica e desordem institucional.

    Nessa perspectiva, não seria demais imaginar que caminha o Brasil para o caos.

  1. Anônimo disse... :

    Como pode uma pessoa com a sua formação pensar assim?

  1. Anônimo disse... :

    Esse mimi não cola mais, basta vê o que os brasileiros respondeu para esse tipo de conversa. Deu uma banana bem grande.

  1. Anônimo disse... :

    Pelo contrário,o Brasil caminha a passos largos pra sair do cais,pode chorar,o chôro é livre,os petistas que quiserem continuar no caos,a venezuela e Cuba vos esperam fiquem a vontade pra irem embora pra lá,afinal,sao todos da mesma laia

  1. Anônimo disse... :

    Melhor dor de cotovelo que já li na vida 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

  1. Anônimo disse... :

    Kkkkkkkkkkkk!
    É difícil aceitar a DEMOCRACIA quando se fica fora das têtas.
    Um partido corrupto e sem moral quer dizer que "agora" o Brasil esta em trevas? Me compre um bode seu imbecil. Sanguessuga inescrupuloso. O teu partideco de araque passou 14 anos usurpando a nossa "PÁTRIA AMADA MÃE GENTIL " e você vem com essa conversa para boi dormir?
    Vai trabalhar imbecil.

  1. Anônimo disse... :

    Bem feito ele ter sido exonerado

Postar um comentário