Denuncie

Homem morre após colidir com jumento em São Raimundo do Doca Bezerra.

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Compartilhe esta Notícia


Um acidente de transito terminou na morte de um homem na noite de ontem (15). Carlos Pedrosa, mais conhecido com Florêncio, faleceu se chocar violentamente contra um jumento, a tragédia aconteceu por volta das 19:00, na MA-012, entrada da cidade de São Raimundo do Doca Bezerra.

O rapaz que era dono de uma loja de móveis planejados, era natural de São Raimundo e morava atualmente em Pedreiras, ele que estava na cidade prestando serviços, decidiu dá uma volta pelas redondezas em sua motocicleta, modelo Hornet 600, quando se deparou com o animal na estrada, e acabou colidindo frontalmente, a vítima faleceu ainda no local.

“Fomos montar um portão em São Raimundo do Doca Bezerra, quando chegamos lá, ele saiu na sua moto pra dá uma volta e a tragédia aconteceu, ele bateu de frente com um jumento, morrendo na hora”, divulgou o colega de trabalho em um áudio.


A família de Carlinhos Florêncio é de Três Rios, zona rural de São Raimundo do Doca Bezerra.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

4 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    O jumementos deveriam esta num pasto ou em um curral para que mais acidentes como este não venham mais acontecer.

    Se tem algum culpado, esse é o dono do animal. Apenas o dono!

    O dono do jumento deveria ser multado ou até mesmo preso por provocar esse acidente.

  1. Anônimo disse... :

    Infelizmente os animais já não têm donos, foram abandonados há anos.

  1. Anônimo disse... :

    O problema é que esses jumentos não têm donos. Há anos esses animais foram deixados de lado e ficaram vagando e se reproduzindo nessas estradas. Se acostamentos e o lado de fora das certas que são paralelas à rodovia, esses animais não eram tanto vitimadas como as pessoas.

  1. Anônimo disse... :

    O poder público deveria castrar os animais soltos para não se reproduzir.

Postar um comentário